Histórico

O MAC foi criado por decreto oficial de 11 de março de 1970, tendo como meta  estabelecer o diálogo e estreitar os laços entre a sociedade e o seu patrimônio artístico, através de um programa de ação que privilegie o debate, o questionamento e a reflexão.

O museu foi oficialmente aberto ao público em março de 1971, em espaço provisório, na rua 24 de Maio. Em sua sede atual, encontra-se desde 27 de junho de 1974. O prédio, construído em 1928 para abrigar o Departamento de Saúde Pública, foi especialmente reformado para receber o museu. Em 1978 foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Paraná.

Seu primeiro diretor foi o artista plástico Fernando Velloso, então Chefe da Divisão de Planejamento e Promoções Culturais do Departamento de Cultura do Estado e membro da primeira diretoria da AMAB – Associação dos Museus de Arte do Brasil.

Em seu período inicial o MAC/PR recebeu grande influência da atuação de Walter Zanini, diretor do MAC/USP, que apresentava uma proposta de museu como espaço de discussão de tendências e de apoio às manifestações de artistas jovens. Velloso imprimiu um estilo de atuação em concordância com as tendências museológicas mais atualizadas.

Depois de Fernando Pernetta Velloso (1970-1983), o MAC/PR foi dirigido por Mariza Bertoli (1983-1984), Elizabeth Bastos Dias Titton (1984-1987), Adalice Maria de Araújo (1987-1988), Maria Cecília Araújo de Noronha (1988-1991 / 1995-1998), Nadyegge Boldrin de Almeida (1991-1992), Maria Amélia Junginger (1992-1994), João Henrique do Amaral (1998-2002), Vicente Jair Mendes (2003-2005), Eleonora Gutierrez (2005-2007), Alfi Vivern (2007-2010), Lenora Pedroso (2011 - dias atuais).

A atuação do MAC/PR está tradicionalmente voltada para a educação. O Setor de Ação Educativa coordena projetos para o público visitante e mobiliza instituições e a comunidade para propostas de ação conjunta. O setor é também responsável pela organização de cursos, palestras, encontros, oficinas e outras atividades.

O Setor de Pesquisa e Documentação constitui-se, em termos de organização,  quantidade e qualidade de dados, no espaço local mais adequado para a pesquisa em artes visuais.

O MAC faz a divulgação do seu acervo por meio de mostras temáticas periódicas. Realiza também diversos panoramas de arte, com exposições temporárias, individuais e coletivas.

O Salão Paranaense, evento tradicional instituído oficialmente em 1944, é promovido pelo MAC desde 1970, proporcionando uma importante revisão e reflexão sobre a arte brasileira contemporânea.

Histórico do prédio
Recomendar esta página via e-mail: