Histórico do Acervo

Ao ser criado, o MAC incorporou parte do acervo artístico do antigo Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura que reunia prêmios de aquisição do Salão Paranaense, aquisições por compra, doações de artistas e colecionadores. Outros eventos promovidos pela Secretaria de Estado da Cultura contribuiram para ampliar o acervo, como o Salão de Arte Religiosa Brasileira (1965-1975), o Salão de Artes Plásticas para Novos (1957-2002), a Mostra do Desenho Brasileiro (1979-2004) e o Projeto Faxinal das Artes, em 2002.

Atualmente o Museu detém cerca de 1500 obras dos mais representativos nomes das artes visuais do país, abrangendo pintura, desenho, gravura, escultura, fotografia, objeto, tapeçaria, colagem, instalação e vídeo.

Entre os artistas representados no acervo estão Tomás Abal, Lothar Charoux, Volpi, Amilcar de Castro, Regina Silveira, José Bechara, Antonio Peticov, José Rufino, Alex Flemming, Élida Tessler, Eliane Prolik, Luciano Mariussi, Marlon de Azambuja, Fábio Noronha, Maria Cheung, Luiz Carlos Brugnera, Rossana Guimarães, Letícia Marquez, Edilson Viriato. Também estão artistas que figuram na tradição histórica da Arte Paranaense, como Miguel Bakun, Theodoro De Bona, Guido Viaro, Helena Wong.
Recomendar esta página via e-mail: