Notícias

14/06/2019

Ex-diretora do MAC-PR, Mariza Bertoli morre aos 77 anos

 

A crítica dirigiu o Museu de Arte Contemporânea no início da década de 1980 e atuou ativamente como curadora

 

O Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR) lamenta a morte da crítica de arte e curadora Mariza Bertoli — ela foi diretora do museu em 1983 e 1984  e faleceu na última quinta-feira (13), em Curitiba, aos 77 anos.

MAriza Bertoli

Mariza Bertoli (à esq. dirigiu o MAC-PR em 1983 e 1984).

Formada em Pintura na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), Mariza também foi mestre e doutora  em Estudos Latino-Americanos, produção e Crítica de Arte Contemporânea pela Universidade de São Paulo (USP). Foi conselheira da Sociedade Científica de Estudos de Arte e membro da Associação internacional de Críticos de Arte. Fundou ainda a CASLA - Casa Latinoamericana, em Curitiba, entidade de estudos sobre o continente.

Durante a sua atuação na direção do MAC-PR, fez a curadoria de diversas exposições, entre elas "80 Anos de Arte Brasileira - De Visconti Aos Nossos Dias", um apanhado dos principais artistas brasileiros, em uma parceria com o Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado.

Trabalhos

Fora a sua atuação na área de crítica de arte, Mariza também foi curadora — um dos seus trabalhos mais recentes foi em 2017, na exposição "Loucuras Anunciadas", do artista espanhol Francisco de Goya. Sucesso de público e crítica, a mostra, exibida na Caixa Cultural de várias capitais brasileiras apresentou 20 gravuras de um dos ciclos mais obscuros da produção do artista. A mostra contava ainda com imagens ampliadas e atividades interativas.

"Toda a atuação de Mariza nas artes visuais, seja no campo da crítica ou da curadoria, foi de extrema relevância para a arte no Brasil", ressalta a diretora do MAC-PR, Ana Rocha.

O velório de Mariza  ocorre nesta sexta-feira (14) na Capela Municipal do Água Verde.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.