Pesquisadoras no MAC: Roberta Stubs
18/10/2021 - 16:43

O MAC Paraná é um espaço muito importante na formação de artistas e de arte-educadores paranaenses.Toda a programação do museu é estruturada com atenção para ações de formação de público, mas também com um grande foco na formação de agentes atuantes nas artes visuais do Estado. Pensando nisso, o museu lançou em setembro deste ano o projeto Pesquisadoras no MAC, como parte de uma série de atividades que aproximam o Museu de Arte Contemporânea do Paraná de universidades e cursos livres de artes visuais.

O projeto tem como objetivo dar maior visibilidade e trazer à discussão pública algumas pesquisas acadêmicas no campo da arte que são realizadas em universidades do Paraná. Participam da proposta professoras artistas, pesquisadoras que formam artistas, críticas de arte e curadoras do Paraná que muitas vezes não têm suas pesquisas circulando em contextos fora do universo acadêmico.

Ampliando esses diálogos e rompendo fronteiras entre museu e academia, o setor Educativo do museu convidará três pesquisadoras para conversas abertas no Instagram @mac_parana, sempre com mediação do Educativo. A segunda convidada é a artista e pesquisadora acadêmica Roberta Stubs, que participa da conversa ao vivo no Instagram do MAC nesta quarta-feira (20.10) a partir das 15h.

Roberta Stubs é artista, pesquisadora e professora. Sua pesquisa envolve processos fotográficos e filosofia da diferença. Com trabalhos em fotografia, vídeos e objetos, insere a questão da experiência no lugar da representação. Seu trabalho tensiona noções relativas ao tempo, memória, corpo e subjetividade operando com apagamento, deslocamento e ampliação dos contornos da relação sujeito-mundo. Vive e trabalha em Maringá (PR).   

Ações formativas dentro e fora do museu
Segundo a diretora do MAC-PR, Ana Rocha, a idealização da proposta Pesquisadoras no MAC veio da equipe do setor Educativo do museu, como parte de uma intervenção dos estagiários na estrutura da programação. “Esse projeto é um resultado de uma participação ativa dos estagiários do museu na formulação da nossa programação, com liberdade de proporem ideias que contam com o suporte do MAC para tirá-las do papel”, afirma. Para a diretora, a valorização do trabalho dos estagiários também perpassa o caráter formativo inerente ao museu. “Uma das propostas realizadas pela diretoria para nós estagiários foi a de desenvolvermos projetos de intervenção, e foi daí que nasceu esse projeto”, afirma a estagiária do setor Educativo, Marina Raimundini. “Com certeza, a liberdade e o suporte fornecidos pela diretoria do MAC foram essenciais para o desenvolvimento dessas ideias.” 

As lives Pesquisadoras no MAC acontecerão entre setembro e novembro deste ano, confira a agenda:

30.09 - Educativo do MAC-PR convida Keila Kern 

20.10 - Educativo do MAC-PR convida Roberta Stubs 

16.11 - Educativo do MAC-PR convida Milla Jung


SERVIÇO - Pesquisadoras no MAC: Roberta Stubs
Quinta-feira (20.10) às 15h
Transmissão ao vivo pelo Instagram @mac_parana 
 

Últimas Notícias