Programação

 

 

REFORMA: FORMAS DE VER

Exposição | Sala 08 do MAC no MON

 

A proposta curatorial tem como ponto de partida apresentar uma parte da coleção do Museu de Arte Contemporânea do Paraná, que foi formada ao longo das últimas décadas, pensando maneiras plurais de olhar para ela, tendo em vista, nas palavras das curadoras, “suas potências, problemáticas, divergências, faltas e futuros”. 

A mostra é um convite para o público imaginar as relações possíveis dessas obras com a história da instituição, e consequentemente com a própria história da arte contemporânea. Além disso, aproveita o momento da reforma da sede histórica do museu, na Rua Desembargador Westphalen, para refletir sobre a existência da instituição, que segue viva e ativa, mesmo temporariamente deslocada de seu espaço físico original.

 

Curadoria: Carolina Loch e Joanes Barauna.

 

 

 

A TERRA E O DEVANEIO DA VONTADE

Exposição | Sala 09 do MAC no MON

 

A mostra individual de Thalita Hamoui tem inspiração na obra homônima do filósofo francês Gaston Bachelard. Hamoui, graduada em Artes Plásticas pela FAAP e com trabalhos já expostos em locais como a Foley Gallery, em Nova York, traz ao MAC Paraná obras que estabelecem um diálogo com a filosofia de Bachelard, evidenciando a importância da interação física, da manipulação e da exploração da Terra. As pinturas convidam o público a mergulhar nos devaneios e na percepção pessoal da artista sobre a Terra.

Segundo Priscyla Gomes, curadora da mostra, “A Terra e o Devaneio da Vontade” propõe uma jornada pela percepção. “Há nessas paisagens um indiscernimento entre noite e dia, entre o que é vegetal, o que é aquático e o que é terroso. Tudo é miscível e se completa, numa fusão extasiante de tons áureos”, afirma a curadora.

 

Curadoria: Priscyla Gomes.

 

 

 

LINA FARIA - PASSANDO A LIMPO

Exposição | MAC Paraná - Sede Adalice Araújo

 

A exposição homenageia a fotógrafa paranaense Lina Faria, destacando sua sensibilidade e olhar atento. Produzida pelo Museu da Imagem e do Som do Paraná, a mostra exibe um conjunto significativo de fotografias de Faria em diversos momentos de sua carreira.
 
Lina Faria é reconhecida por trabalhos fotográficos de caráter pessoal e íntimo. Uma flâneur moderna que explora não apenas as cidades, mas também as histórias e as pessoas que nelas habitam. Sua abordagem fotográfica capta fragmentos do cotidiano, revelando a poesia e a imaginação presentes na contemporaneidade, desde os espaços íntimos das pessoas até as paisagens urbanas.
 

Curadoria: João Urban.